19/07/2019 Autoridades da PB visitam comitê que já recuperou R$ 260 mi na Bahia
Ao investir R$ 204,28 milhões nos meses de janeiro e fevereiro, além disso, a Bahia superou a ampla maioria dos estados e ficou atrás apenas de São Paulo.

O investimento do governo baiano aumentou 121,2% no comparativo entre o primeiro bimestre deste ano e igual período de 2015, de acordo com dados dos relatórios fiscais dos estados e do Tesouro Nacional. Apenas nove estados brasileiros ampliaram os investimentos em 2019 em comparação com o registrado há quatro anos. Os demais registraram queda. Ao investir R$ 204,28 milhões nos meses de janeiro e fevereiro, além disso, a Bahia superou a ampla maioria dos estados e ficou atrás apenas de São Paulo, com R$ 312,47 milhões. O estado mais rico do país, no entanto, está entre os que registraram queda entre 26% e 50% nos investimentos em comparação com 2015.

Com números em geral pouco significativos neste início de ano, os investimentos dos estados brasileiros, em conjunto, recuaram 64% com relação a 2015: de R$ 2,65 bilhões para R$ 934,2 milhões. Esta queda foi impulsionada pelo Rio de Janeiro, que viu os investimentos recuarem de R$ 867,17 milhões para apenas R$ 2,37 milhões agora, com a ressalva de que há quatro anos o governo carioca foi beneficiado pela ajuda federal com vistas aos preparativos para as Olimpíadas de 2016. O levantamento toma por base os dados de 23 estados, já que Paraná, Maranhão, Rio Grande do Norte e Roraima ainda não divulgaram os números do primeiro bimestre.

Em abril, a Bahia já havia sido destaque em relatório do Tesouro Nacional como o Estado com maior porcentagem do orçamento destinada a investimentos nos dois primeiros meses de 2019. De acordo com o Relatório Resumido de Execução Orçamentária (RREO) com foco nos Estados, divulgado pela STN (Secretaria do Tesouro Nacional), a Bahia destinou para investimentos, no primeiro bimestre, 4% do orçamento.

De acordo com analistas ouvidos pelo jornal Valor Econômico, o recuo nos investimentos pela maior parte dos estados é reflexo de fatores que vêm atingindo todas as gestões estaduais nos últimos anos, como a queda nas transferências da União, as restrições adotadas pelo governo federal para conceder aval a operações de crédito pelos estados e do alto comprometimento das receitas estaduais com as despesas correntes, sobretudo as de pessoal.

Equilíbrio fiscal e desenvolvimento

O secretário da Fazenda do Estado, Manoel Vitório, ressalta que o governo baiano, embora esteja sujeito às mesmas condições desfavoráveis, mantém o desempenho dos últimos anos, quando se firmou entre os líderes do país em investimento. Vitório ressalta que a ênfase nos gastos em obras e serviços que atendem a demandas estratégicas da sociedade tem marcado a atuação do Estado.

“Sob a liderança do governador Rui Costa, a Bahia vem associando o equilíbrio fiscal aos investimentos necessários para favorecer a retomada da atividade econômica”, ressalta o secretário da Fazenda. Ele enfatiza que o governo baiano vai continuar buscando o controle dos gastos públicos e o crescimento das receitas próprias para assegurar a capacidade de investimento. “O gasto com investimento qualifica a infraestrutura, amplia os serviços, atrai investidores privados, gera emprego e renda e estimula a economia”, afirma.

Vitório lembra que entre 2015 e 2018 o governo baiano destinou R$ 10,3 bilhões para investimentos. Trata-se de valor proporcionalmente maior que o alcançado por São Paulo, líder nacional nos últimos quatro anos:  o governo paulista, tendo investido R$ 31,9 bilhões no mesmo período, possui orçamento cinco vezes maior que o baiano.

Além de permitir que o Estado dê sequência à sua política de investimentos, explica o secretário, o equilíbrio fiscal permite que o setor público siga operando plenamente. Mesmo em períodos de crise, a Bahia vem mantendo as contas em dia, diferente de outras administrações estaduais que passaram a atrasar ou parcelar o pagamento dos salários dos servidores e ter dificuldades para saldar compromissos.

Curta a Sefaz também no Facebook: facebook.com/sefaz.govba
Twitter: twitter.com/sefazba

  • 19/07/2019 Autoridades da PB visitam comitê que já recuperou R$ 260 mi na Bahia
  • 17/07/2019 Nota Premiada Bahia anuncia os dez contemplados do sorteio de julho
  • 17/07/2019 Prêmio Nacional de Educação Fiscal está com as inscrições abertas
  • 16/07/2019 Sefaz notifica 10 mil empresas que não entregaram declaração do Simples
  • 15/07/2019 Lojistas participantes da Liquida Feira poderão parcelar o ICMS
  • ..

  • Receita anuncia na terça-feira (23/7) o resultado da arrecadação de junho de 2019
  • Receita Federal anuncia normas para entrega da Declaração do Imposto sobre a Propriedade Territorial Rural (DITR)
  • Receita define condições para habilitação ao Repetro-Industrialização
  • Alterado prazo para obrigatoriedade da entrega de EFD - Reinf
  • Resultado recorde na apreensão de drogas é destaque na imprensa
  • ..

  • Nota de Falecimento
  • Curso Perícias Judiciais com 10% de desconto para profissionais registrados no CRCBA
  • CRCBA promoveu reunião com representantes de entidades parceiras
  • VII Encontro da Mulher Contabilista do Extremo Sul da Bahia – Eunápolis (30/05/2019)
  • Curso Lucro Real x Lucro Presumido – Santo Antônio de Jesus (24/05/2019)
  • ..

  • Alterado prazo para obrigatoriedade da entrega de EFD - Reinf
  • Guedes volta a falar em nova CPMF, com alíquota maior que a anterior
  • Press Clipping FENACON
  • Participe do maior evento para empresários contábeis do Brasil
  • SESCON GRANDE FLORIANÓPOLIS realiza Fórum de Gestão - Contratos e Honorários
  • ..

  • Secretaria desmente boatos sobre a Nova Previdência
  • Economia com Nova Previdência vai passar de R$ 933 bilhões em 10 anos
  • Operação prende três pessoas por fraude em auxílio-reclusão no Amapá
  • Força-Tarefa Previdenciária cumpre mandados em Vila Velha (ES)
  • Câmara conclui votação de destaques e aprova PEC da Nova Previdência em 1º turno
  • ..

  • Declarações obrigatórias para Simples Nacional: descubra quais são!
  • Contrato social: como ele difere do Requerimento do Empresário Individual?
  • Gestão de escritório contábil: principais desafios
  • Novos financiamentos públicos trazem fôlego ao mercado brasileiro
  • Princípios constitucionais tributários
  • ..
    NOTÍCIAS

    FOTOS




    ALGUNS DOS NOSSOS CLIENTES...

    Conheça nossa Equipe

    • CICERO RIBEIRO DE ALMEIDA NETO
    • LORENA DA SILVA SANTOS
    • NOEMIA OLIVEIRA DA SILVA
    • LUCAS DE ALMEIDA SILVA

    INFORMAÇÕES



    COMO CHEGAR
    Veja mais...

    Visitas (118461), Online agora (13)
    Astecol Assessoria Contábil LTDA
    Praça Austricliano de Carvalho nº 50 - Centro
    Senhor do Bonfim, BA, CEP: 44790-000 - (74) 3541.3507/3794

    WebMaster e Design: Isomi Luiz da Silva