Logística - Item fundamental para se considerar na operação
Assédio Sexual nas empresas

Cada vez mais funcionários têm levado casos de assédio sexual à Justiça, o que gera prejuízos para as empresas, não somente no âmbito financeiro mas na imagem perante a sociedade.


Cada vez mais funcionários têm levado casos de assédio sexual à Justiça, o que gera prejuízos para as empresas, não somente no âmbito financeiro mas na imagem perante a sociedade. A notícia sobre a condenação de uma cooperativa no Estado do Paraná ao pagamento de multa no valor de R$ 250 mil por consequência de ação civil pública movida pelo Ministério Público do Trabalho após denúncias de assédio sexual no ambiente de trabalho contra grupo de empregadas é um exemplo, e, por decisão da 2ª Turma do Tribunal Regional do Trabalho do Paraná (TRT-PR), a empresa também foi obrigada a adotar políticas internas que inibam a ocorrência de novos casos de abuso sexual. E se esta cooperativa tivesse implantado essas políticas internas anteriormente e repassado para todos os Colaboradores, certamente não ocorreria este episódio seguido de tal multa. Como já citei em um artigo anterior, a aplicação do Compliance nas empresa é de extrema importância e não é somente para Corporações de grande porte, mas pequenas e médias empresas precisam se preocupar com a inserção de um programa de integridade em seu DNA. Mas afinal o que é Assédio Sexual? Considerado Assédio Sexual toda abordagem repetida, com a pretensão de obter favores sexuais, mediante a imposição de vontade. Essa conduta ofende a intimidade, a dignidade, a imagem e a honra do empregado, e deve ser coibida tanto por ele quanto pela empresa. Quem já vivenciou situações de assédio sexual dentro do ambiente corporativo sabe o quão esta situação é delicada. Grande parte dos trabalhadores não denunciam por dependerem do seu emprego para sobreviverem, com medo de represálias. Mais do que o suporte emocional, o empregado precisa ter ciência de que o assédio sexual é crime (Código Penal, art. 216-A), por isso, é essencial que ele não se intimide e denuncie a prática criminosa do agressor. Uma pesquisa realizada pelo vagas.com,diz que 52% dos profissionais já sofreram assédio. A pesquisa conclui que essas situações, em sua maioria (84%), são praticadas pelos chefes diretos das vítimas ou por alguém que tenha um cargo mais alto dentro da hierarquia das empresas. Compliance como um meio de inibir novos casos de assédio sexual. Diante de um cenário onde, pesquisas apontam altos índices de assédios nas empresas e do outro altas multas aplicadas às empresas, vemos claramente que algo deve ser feito para inibir novos casos de assédio e um ótimo início, é a implantação do Compliance. Com o Compliance a empresa poderá adotar algumas ações que irão ajudar no combate ao Assédio Sexual, como por exemplo: ● A criação de canais de comunicação para facilitar denúncias, levando sempre em consideração a preservação da identidade da vítima. ● A abordagem do assunto em palestras, treinamentos e em cursos, não somente para quem exerce posição de liderança, irá conscientizar a todos sobre o tema. ● E por último e não menos importante, a inserção de regras no Código de Conduta da empresa, crie políticas de tolerância zero. Conforme citado no estudo da Ponemun Institute LLC, a falta da implantação do Compliance em sua empresa, além de não lhe trazer benefícios, te acarretarão possíveis multas e perda de reputação, faz com que o custo do não-compliance seja estimado no triplo do valor de investimentos necessários para se ter este programa de integridade que lhe trará muitos benefícios. É importante deixarmos claro que o Assédio Sexual não ocorre somente em diferentes níveis hierárquicos, mas funcionários do mesmo nível de ocupação também assediam e isso também deve ser muito discutido e trabalhado nas empresas. Não podemos deixar com que Colaboradores sejam alvos de situações envolvendo o Assédio Sexual. Isso irá acarretar traumas difíceis de serem superados ao longo de sua vida, resultando em perda da produtividade, desenvolvimentos de baixa auto-estima e às vezes até um quadro de depressão. Assédio sexual é uma questão que pode facilmente arruinar carreiras e empresas e estas devem coibir, de forma consistente e humanizada. googletag.cmd.push(function() { googletag.display("div-gpt-ad-1355869586666-1"); }); Escrito Por Luiz Fernando Nobrega Contador – Bacharelado em Ciências Contábeis pela Instituição Toledo de Ensino de Bauru; Pós Graduado em Administração de Marketing e Recursos Humanos pela UNISALESIANO de Lins; Pós Graduado em Controladoria e Finanças pela Instituição Toledo de Ensino de Bauru; Vice Presidente de Fiscalização Ética e Disciplina do CFC. Coordenador no CFC da Comissão Junto ao COAF. ver perfil enviar mensagem mais matérias

  • 17/05/2019 Confira as datas de vencimento do IPVA durante o mês de maio
  • 15/05/2019 Sai lista dos dez ganhadores de maio da Nota Premiada Bahia
  • 14/05/2019 Bahia investe 121,2% a mais no comparativo entre 2015 e 2019
  • 13/05/2019 Nota Premiada Bahia divulga bilhetes para sorteio de maio
  • 10/05/2019 Concurso para auditor fiscal registra mais de 17 mil inscritos
  • ..

  • Operação Citrus: Receita Federal realiza operação de combate à sonegação na exportação de suco de laranja
  • Brasil conquista o primeiro lugar no Concurso Audiovisual Innovación Social #NAF 2.0
  • Instrução Normativa altera normas para entrega da Escrituração Contábil Digital de sociedades em conta de participação
  • Nova Instrução Normativa regulamenta o parcelamento de débitos perante a Receita Federal
  • Instrução Normativa corrige ano de ocorrência da situação especial de pessoa jurídica para Dirf 2019
  • ..

  • Curso Lucro Real x Lucro Presumido – Santo Antônio de Jesus (24/05/2019)
  • Curso Demonstrativos Contábeis-Financeiros: Elaboração, Divulgação e Análise (Ubaitaba, 23/05/2019)
  • Curso Reforma Previdenciária – Itapetinga (22/05/2019)
  • Curso eSocial, EFD-REINF e DCTF Web – Vitória da Conquista (21/05/2019)
  • Curso eSocial, EFD-REINF e DCTF Web – Irecê (20/05/2019)
  • ..

  • Press Clipping FENACON
  • DCTFWeb substitui a GFIP e exige adaptações nas empresas
  • FENACON entrega à Receita Federal relatório com sugestões para o eSocial
  • Jornal destaca a atuação do SESCON-SP
  • Diretor da FENACON se reúne com senadores
  • ..

  • Leonardo Rolim: Não faz sentido o Brasil subsidiar a previdência dos mais ricos
  • Motoristas de aplicativos devem se inscrever junto à Previdência Social
  • Operação da Força-Tarefa prende 21 pessoas no Maranhão e no Piauí
  • Organização criminosa falsifica 800 contratos de trabalho para fraudar Previdência
  • Mulher é presa em flagrante em Camaragibe (PE)
  • ..

  • Declaração Anual do Mei 2019: Como a Receita Federal Pode Cruzar os Dados dos Microempreendedores
  • Recontratação de ex-funcionários
  • Logística - Item fundamental para se considerar na operação
  • Perícia e a Inteligência Artificial
  • O potencial do RH e a contabilidade que andam juntos
  • ..
    NOTÍCIAS

    FOTOS




    ALGUNS DOS NOSSOS CLIENTES...

    Conheça nossa Equipe

    • RAFAEL DA SILVA MURICY
    • Elielson Oliveira Silva
    • LORENA DA SILVA SANTOS
    • CICERO RIBEIRO DE ALMEIDA NETO

    INFORMAÇÕES



    COMO CHEGAR
    Veja mais...

    Visitas (102123), Online agora (5)
    Astecol Assessoria Contábil LTDA
    Praça Austricliano de Carvalho nº 50 - Centro
    Senhor do Bonfim, BA, CEP: 44790-000 - (74) 3541.3507/3794

    WebMaster e Design: Isomi Luiz da Silva